Thursday, 29 July 2010

Oportunidades = Decisoes - parte II

Ha duas semanas recebi um telefonema do meu antigo empregador (eu me demiti depois que a Louise nasceu, ha 6 meses atras) me pedindo pra voltar pro meu cargo. Pedi um tempo pra pensar e ate ontem nao tinha dado resposta. Entao o meu chefe me telefonou perguntando quando eu iria voltar. Expliquei pra ele que nao estava achando vaga nos bercarios aqui por perto pra matricular a Louise e perguntei se eu nao poderia trabalahr de casa. Ele me explicou entao que nao seria possivel pois eu estava sendo promovida e seria a vice dele, ou seja, vice-diretora do projeto de expansao Intel FAB-28 - incluindo Bulk Gas e Tool Install - e olha que eu nao sou engenheira nem nada ... fiquei deslumbrada, pois esta promocao vem tb com aumento de salario e outros bonus. Depois fiquei mesmo foi muito preocupada pois alem do fato real de que nao ha vaga no bercario aqui perto de casa eu nao quero realmente me separar da Louise. Por outro lado isso seria muito bom no meu cv. Enfim, esta sendo muito dificil deixar passar, e na verdade ainda nao dei a resposta pra eles, mas o Gal e eu decidimos que no momento e melhor nos concentrarmos nas meninas, na familia, nos preparativos para a grande mudanca ... e reiniciar minha vida profissional ja no Canada. Me parece o melhor a fazer ... entao por que eu nao consigo simplesmente pegar o telefone e dar a resposta??? Me sinto dividida ... eu amo estar em casa com a Louise e amamentar as 24 hrs do dia, brincar com ela, segurar no colo (aqui em casa elas vivem no colo), fazer cosquinha e enfim, curtir muito a minha pimpolha. Mas por outro lado a oferta e tentadora ... e nao e pelo salario e afins nao, e devido a experiencia de trabalho, pela oportunidade de aprender muito, mas muito mesmo. E eu adoro o meu chefe, adoro trabalhar com ele, nao so do ponto de vista profissional como tambem do pessoal. E as vezes eu sinto falta de me arrumar, passar um batom, sair de casa, usar a minha massa cinzenta ...
Bom, so Deus mesmo para me guiar ... as vezes penso que tem algo de errado comigo, pois tem tanta gente procurando emprego e nao consegue ... e eu "transformando" uma oportunidade dessas em um dilema pessoal e familiar.
Mas e isso ... a vida segue seja trabalhando fora de casa ou dentro dela!
Beijos!

Intel opens fab 28 in israel - The Inquirer

Bonne Chance!Paola

Wednesday, 28 July 2010

Friday, 23 July 2010

Conta Bancaria para imigrantes



esta e so uma das mais variadas opcoes.
beijos!!

Bonne Chance!Paola

Thursday, 22 July 2010

Balet performance - Vitoria - July 2010



Moranguinho Vitoria (de azul) + (quase dormindo) na sua apresentacao de balet - apresentacao de fim de ano.
OK. eu sou uma mamae muito coruja ... entao e hora de explicar que ela quase nao dormiu na noite anterior a apresentacao e praticamente a semana toda, tossindo muito. alem de ter tomado um cha de cadeira antes de chegar a vez do grupo dela ... mais de 1 hora - mas isso nao chega a ser uma boa desculpa nao, ja que as coleguinhas tomaram do mesmo cha.
aproveitem o show! minha Vitoria e demais!!
Bonne Chance!Paola

Friday, 16 July 2010

Louise com 9 meses



Bonne Chance!Paola

2 em 1

Meninas, os maridos estao sempre surpreendendo a gente, nao? Pois e, mas o meu bateu o recorde.
Muitas vezes e ele quem da banho e lava os cabelos das meninas. Outro dia entrei no banheiro e vi que ele tinha o condicionador na mao, aberto, e ela com o cabelo cheio de xampu. nao entendi bem o que acontecia ... e recebi uma resposta bem original: primeiro eu passo o xampu e logo em seguida o condicionador. depois eu enxaguo os dois juntos! finaliza, sentindo-se um genio. ai eu claro, falei que nao era bom e ele mais que depressa me respondeu: "e a mesma coisa que xampu e condicionador 2 em 1!". Por esta eu nao esperava. Realmente o sexo masculino tem sua "logica" e sua visao das coisas. Achei muito interessante a logica dele, mas pedi que pra proxima nada de 2 em 1!

(na foto, Vitoria com 2 anos e 4 meses)

Bom, era so isso mesmo. Espero em breve postar boas novidades.
beijos!!

Bonne Chance! Paola

Thursday, 15 July 2010

para onde foi a minha prova??

Pela manha eu recebo um telefonema muito "interessante". "Alo, Paola? Aqui fala do Instituto Frances, nos temos um probleminha ... sua prova de expressao oral ... sumiu." Eu sem entender nada pergunto, como assim? e em resposta: "Pois e, a fita cassete cchegou em Paris, junto com a prova objetiva (compreensao oral) mas ... ela esta toda em branco. nao ha uma unica palavra da sua prova gravada. Nos sentimos muito mas vc tera que refazer esta parte da prova". Como eu ja estava a caminho de Tel Aviv (explico em outro post) pensei ca com meus botoes ... e uma operacao logistica e tanto ir a Tel Aviv, pois preciso que seja um dia que meu esposo esteja disponivel pra poder ficar com a Louise enquanto eu faco a prova, alem de ser muito cansativo pra ela passar o dia fora de casa no transito, sentada quase o tempo todo ... Vou fazer a prova hoje mesmo.
E fui. A reuniao que eu tinha era 11:30 e a provra as 14:00. Meu esposo nao gostou muito da ideia pois desde que fizemos a prova, ha 3 semanas, nao haviamos tocado nos livros. Ele achava que era melhor eu estudar uma semana mais e entao fazer a prova. Mas, eu na minha filosofia de que o universo gosta de movimento, de energia fluindo, resolvi nao adiar. Tambem porque e um saco fazer novamente uma prova que ja se fez ... e nao achei que meu frances tivesse atrofiado tanto assim.
Comecamos a prova, respondi a primeira pergunta e o celular de uma das senhoras que aplicavam a prova tocou. Parou-se a gravacao, ela conversou e recomecamos novamente ... do inicio. Eu ja comcei a gaguejar as mesmas palavras que tinha acbado de dizer. A prova seguiu bem. No final ela me disse que tinha sido muito bom e que ela daria C1, mas nao e ela quem corrige ... eu sai de la muito pra baixo pois na primeira vez meu desempenho havia sido 10.000 vezes melhor, eu nao tinha gaguejado, havia conversado fulentemente o tempo todo ... e agora eu nao so gaguejei como soltei umas palavras em espanhol tb. senti que me faltava vocabulario ... e acima de tudo me faltava "saco" (excuse my french!). realmente minha motivacao nao era muita e inclusive a ultima pergunta foi a mesma que me fizeram na primeira vez mas nao estava com paciencia de repetir a mesma ladainha ... e claro que eu fiz, mas com menos empolgacao, repeti muito o que falei e o meu discurso nao foi tao profundo como na outra vez.
Bom, ja foi ne!? nao adianta reclamar ...
pra quem ainda nao fez a prova aqui vao as perguntas (que eu lembro) que tive hoje e na primeira prova:
1. fale-me um pouco sobre a sua casa e sobre 2 pessoas que vc conhece.
2. vc vai alugar uma casa/apt e quer receber informacoes sobre o bairro - faca perguntas ao seu entrevistador.
3. vc foi convidada a jantar na casa de amigos quebecas, faca perguntas ao seu entrevistador.
4. o que vc acha sobre entradas gratis para o museu?
5. vc acha que o governo deve oferecer cursos sobre a forma de viver do quebeca para o imigrante?
6. a vida sem o telefone celular e possivel?
7. a melhor maneira de se chegar a paz e atraves do respeito mutuo, vc concorda? fale sobre o assunto.
8. como vc chegou ate aqui? (meio de transporte, caminho)
9. oq ue vc faz quando chega em casa a noite?

Bom, por agora e so!
Beijos!!

Bonne Chance! Paola

Wednesday, 14 July 2010

Oportunidades = Decisoes

Ontem recebi um telefonema interessante ... a moca do departamento de RH da empresa em que trabalhei ate 01/2010 me perguntou se eu nao queria voltar para o meu cargo. fiquei muito feliz com a oferta e tb me senti muito lisonjeada. me demiti da empresa no fim da minha licenca a maternidade para poder ficar em casa com minha nenem e tb pra ter mais tempo para as minhas duas outras filhas. nao havia pensado em trabalhar fora de casa (pois dentro de casa a gente trabalha pra burro!) aqui em Israel ... os planos eram de ficar em casa e so voltar ao mercado de trabalho no Canada. Mas com a oferta de emprego batendo a minha porta ... o minimo que posso fazer e repensar e entao decidir o que fazer.Meu marido e eu estavamos pensando tambem e fazer algum curso durante este ano que temos aqui antes da grande mudanca ... primeiro eu pensei em fazer um curso de 10 meses em logistica, que e uma das minhas areas de atuacao no meu emprego. depois meu marido trouxe uma propaganda de cursos que variam de duracao entre 4 e 14 meses com certificado internacional da microsoft. cursos na area de programacao, construcao de sites e grafica computadorizada ... inclusive temos uma entrevista la amanha pra receber mais informacoes e tal. por um lado a ideia de estudar me atrai muito, mas por outro nao sei se valeria a pena estudar aqui ... talvez fosse melhor deixar isso para as terras geladas e com isso nao so estudar numa instituicao conhecida no mercado de trabalho ao que quero ingressar mas tambem ja poderia ir cosntruindo uma rede de amigos/conhecidos ja no Canada. nao sei se conseguiremos estudar os dois, meu marido e eu, pois alguem tem que estar menos atarefado para dar mais atencao as meninas ... mas isso ja veremos. eles oferecem cursos em Java; java + Net; QA; Google Android & J2ME; programacao de I-Phone; SEO; design grafico  ... inclusive se alguem da area quiser deixar um comentario com sua opiniao profissional aqui, ficarei muito grata. Estes nomes de cursos sao como chines pra mim ... nao entendo muito, mas eles dizem que o pre-requisito e bom nivel de ingles, alem de muita motivacao.
Ah! E tenho que pensar tb sobre voltar ao meu emprego, que eu adoro, mas tendo que me separar da Louise, o que para mim nao e muito facil ... acho que no hospital eles sempre esquecem de cortar o cordao umbilical durante o parto ... hehehe ...
Mas e isso, obrigada a todos pelos recadinhos no post anterior. Eu pensava que nao estava ansiosa, mas vejo que nao e bem assim nao ...
Beijos!! Paola

Bonne Chance! Paola

Wednesday, 7 July 2010

Nem lá nem cá


Já tem muito tempo que eu queria escrever este post. E na verdade, nesta nossa vida de imigrante "pré-landing" todo dia é um bom dia pra escrever um post com este título.
Eu não me refiro somente à compra de eletrodomésticos, PC, carros etc., e sim em TODOS as áreas de nossas vidas. São muitos "dilemas" e incertezas em "fazer ou não fazer" já que em qualquer momento estaremos partindo – mas em que momento??!! A vida se resume às etapas do processo de imigração e estamos sempre aguardando finalizar mais uma etapa.
Aqui em Israel, todas as crianças que completam 6 anos até 22.12 devem entrar na primeira série. O ano letivo comeca 01.09. Minha filha mais velha, Vitória, competará 6 anos no dia 19.11, ou seja bem pertinho do limite. Entrara na primeira serie com 5 anos e 9 meses. Sendo assim, ela será uma das mais novinhas da turma. E justamente por isso, os pais têm a opção de pedir para ficar mais um ano na pré-escola. Aqui esta transição e MUITO dramática … pais desesperados, amendrontados … minha mãe tem uma teoria que eles agem assim para esquecer de coisas realmente assustadoras e dramáticas como bombas e guerras. Mas voltando a minha Vitória … a psicóloga que nos "acessora" nesta fase de nossas vidas nos aconselhou já há algum tempo a deixá-la na pré-escola, ja que nossos planos eram de partir em março 2011. Tudo bem, mas quando chegou a hora H e os amiguinhos da turma ficaram sabendo, a professora e todo mundo, ela reagiu de forma inesperada. Enquanto éramos só meu marido, ela e eu, ela dizia gostar da idéia, mas agora … ela não parava de fazer mil e uma perguntas, de questionar … e toda e qualquer explicação que dávamos, ela imediatamente "anulava" e dava uma "solução" para que ela pudesse ir para a primeira série. Quando eu disse que preferia que ela não fosse a mais nova da sala ela ja me respondeu que eu não tinha como saber se não teria outra criança na sala que nascera depois dela. E além do mais "o tamanho da criança não e importante, mamãe. O que importa é o que a criança pensa". Mil e uma perguntas … eu me sentindo já contra a parede … comecei a pensar que seria melhor contar a verdade sobre nossos planos de deixar o país, pois ela procurava algum defeito em si mesma que pudesse justificar ela nao ingressar na primeira serie. A psicóloga concordou que seria a melhor solução e eu voltei pra casa pensando que terminariam meus problemas e minhas horas de interrogatório. Doce ilusão!
Quando eu contei pra ela, logo logo seus olhos brilharam e ela já vinha … mamãe eu já sei! Eu pssarei da primeira série de Israel pra primeira série do Canada! … ai ai ai … será que isso não acaba não …???!! Dois dias depois ela veio me perguntar se Gabriela, a do meio, também não mudaria de sala porque afinal, ela também mudará para o Canada juntamente com toda a família. Ainda no mesmo dia, no jantar, ela nos conta que quer logo mudar para o Canada. Perguntamos o porquê e ela sem rodeios respondeu que ela quer logo ir pra escola. 
OK. Eu entendi. Minha filha realmente quer muito ir para escola. Mas o que faço com a orientação da psicóloga? Não quero prejudicá-la … nenhum pai/mãe quer prejudicar seus filhos …
Nessa incerteza contínua sobre quando o processo chegará ao fim, quando os vistos estarão carimbados/colados nos nossos passaportes … e vivendo cada dia na esperança que termine logo, resolvi "colocar um pouco de chão sob nossos pés". Eu sou a desesperada aqui em casa para ir logo. Então estou acalmando um pouco o meu desespero … o que não fazemos pelos filhos? É verdade que não sabemos ao certo quando os vistos sairão, mas também 'e verdade que provavelmente até Marco estarao e que com certeza ate Julho-Agosto eles estarão prontos … então decidimos que esta será o momento de de zarpar: Julho-Agosto. E assim minha filha pode ir tranquila pra primeira série, terminar o ano letico em Junho. Tive que prometer à psicóloga que deixaria que ela ficasse at'e o último dia de aula …
E nesse nem lá nem cá, hoje me vejo mais cá do que lá. Para o meu desespero, pois dos 15 anos que moro aqui, 11 deles eu sinto que estou no lugar errado. Um atraso na partida às vezes me parece uma eternidade ou pena de morte … tantas vezes pensei que ja estava indo embora e aqui estou, ainda, na Terra "Santa" …
Agora, com os novos planos, tenho que rever o que fazer com minha vida, pois havia me demitido após o parto pra poder ficar em casa com Louise levando em consideração que em breve partiriamos …
É isso, o post já esta quilométrico … vou ficando por aqui.
Beijos a todos!

Best Wishes, Paola